Cachoeira da Farofa

Cachoeira da Farofa

Cachoeira da Farofa na Serra do Cipó

Conheça a Cachoeira da Farofa na Serra do Cipó

Localizada no Parque Nacional da Serra do Cipó, em Minas Gerais a Cachoeira da Farofa é um dos redutos da Serra onde se encontram lindas plantas e animais em um dos cenários mais lindos de Minas Gerais.

O título de “Jardim do Brasil” dado pelo paisagista Burle Max a Serra do Cipo, em 1950, faz jus a um dos conjuntos naturais mais exuberantes do planeta. Extremamente variada e diversa, a vegetação da região apresenta alto grau de endemismo, um dos maiores do mundo, e ainda abriga a mais extraordinária amostra de Campos Rupestres do Brasil, além de uma fauna representativa e composta de várias espécies ameaçadas de extinção.

A topografia acidentada e a grande quantidade de nascentes da Serra do Cipó formam diversos rios, cachoeiras, cânions e cavernas de excepcional beleza natural. Por ser rica em cursos d’água, a Serra do Espinhaço, onde está assentada a do Cipó, divide duas importantes bacias hidrográficas brasileiras: a do São Francisco e a do Rio Doce.

A história geológica da região é complexa e data do período pré-cambriano. Suas rochas arenosas tiveram início por depósitos marinhos constituídos há cerca de 1.7 bilhão de anos. Formada principalmente por quartzitos, conta também com rochas calcárias, onde ficaram registrados fósseis de eras passadas. São as chamadas rochas em dobramento, características da área, todas apontadas para a mesma direção, no sentido leste/oeste, surgidas com as altas pressões e temperaturas de movimentos tectônicos que deformaram a crosta terrestre.

Para preservar toda esta riqueza natural, foi criado o Parque Nacional da Serra do Cipó em setembro de 1984, com uma área de 33.800 hectares, entre os municípios de Jaboticatubas, Santana do Riacho, Morro do Pilar e Conceição do Mato Dentro; ao norte da capital mineira, Belo Horizonte.

Dentro do Parque encontra-se a Cachoeira da Farofa, localizada na Serra da Bandeirinha, é um dos atrativos mais procurados pelos visitantes do Parque Nacional. Possui uma sucessão de quedas d’água com 07 cachoeiras, até atingir um poço em meio a um paredão de rocha quartzítica, cercado de gramíneas e orquídeas que decoram a paisagem local. O acesso pela parte baixa da Serra, se dá por uma trilha plana de aproximadamente 7 Km, onde é possível observar o Córrego das Pedras, a Lagoa Comprida e o Ribeirão Mascates.

O percurso até a Cachoeira da Farofa é bem sinalizado, no entanto nós do Portal Serra do Cipó Turismo sugerimos a você que faça o passeio com a presença de um guia local.

O ponto de partida para a Cachoeira da Farofa é a Portaria Areias, cujo acesso se dá por uma curta estrada de terra que começa antes da ponte do Rio Cipó (pra quem está chegando na serra) bem ao lado da Pousada Cipó Veraneio. Há placas indicando esta entrada.

Na Portaria Areias há uma boa estrutura para os visitantes, com grande área de estacionamento, banheiros, bebedouros, auditório e até uma área com duchas. Quem vai fazer alguma trilha deve preencher um formulário indicando horário de entrada e qual atração pretende visitar. Um pedaço do formulário fica com o visitante, que deve entregar na volta.

A melhor opção para chegar na Cachoeira da Farofa

Você pode optar por ir a pé, levar ou alugar uma bicicleta na Serra do Cipó. Nossa sugestão é alugar uma bike a quem pretende conhecer a Cachoeira da Farofa, o cânion das bandeirinhas e outros atrativos que estão na entrada da Portaria Areias, no Parque Nacional da Serra do Cipó.

As bicicletas podem ser facilmente alugadas dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó (Parnacipó), ou no Casa do Ciclista no centro da Serra do Cipó. As bicicletas agilizam muito o deslocamento entre as atrações. Para melhorar, o caminho é simples e não exige tanto esforço.

Cachoeira da Farofa

  • Distância: 3 km de carro – 7 km de caminhada
  • Grau de dificuldade: moderado
  • Tempo de duração da caminhada: 2 horas

Fotos Cachoeira da Farofa